Escola de Especialistas de Aeronáutica

 

 

HISTÓRICO

 

Com a criação do Ministério da Aeronáutica, em 20 de janeiro de 1941, todos os estabelecimentos, instalações, órgãos e serviços referentes à atividade de Aviação no Brasil, até então subordinados aos Ministérios da Guerra, da Marinha e da Viação e Obras Públicas, passaram a pertencer ao novo Ministério, com a transferência imediata do pessoal e material.

A Escola de Especialistas de Aeronáutica foi criada em 25 de março de 1941. Na época, estava sediada na ponta do Galeão, Ilha do Governador – RJ. Neste mesmo ano, no primeiro concurso de admissão, apenas 34 candidatos passaram na prova, apesar das 200 vagas oferecidas.

A atual Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) nasceu em 1950 com sede em Guaratinguetá – SP. Instalada em terras da antiga Escola Prática de Agricultura e Pecuária, doadas ao Ministério da Aeronáutica em 5 maio de 1950. A mudança para essa nova sede foi feita entre 1950 e 1951.

 

BENEFÍCIOS

 

Durante o curso, o aluno recebe fardamento, assistência médica e odontológica, auxílio para material escolar e uma ajuda de custo mensal em dinheiro (soldo). Os alunos passam a semana em regime internato com a expectativa de serem liberados às sextas-feiras ao final da instrução diária. Esses são alguns dos benefícios que o aluno recebe durante o seu curso de formação (CFS).

 

ESPECIALIDADES

 

1 - Grupamento básico 

·Comunicações

·Controle de Tráfego Aéreo

·Eletricidade e Instrumentos

·Eletrônica

·Equipamento de Vôo

·Estrutura e Pintura

·Fotointeligência

·Material Bélico

·Mecânica de Aeronaves

·Meteorologia

.Suprimento

 

2 - Grupamento de serviço 

·Administração

·Cartografia

·Desenho

·Eletricidade

·Eletromecânica

·Enfermagem

·Guarda e Segurança

·Informações Aeronáuticas

·Laboratório

·Metalurgia

·Música

·Obras

·Pavimentação

·Radiologia

·Sistema de Informação

·Topografia